F1
Grande Prêmio

Sem ordem, McLaren busca salvação por modelo da tentativa e erro | GP às 10

Ao passo que tem em Zak Brown e Gil de Ferran, dois nomes relativamente novatos ao ecossistema da F1 mas entendidos dos EUA, tocando a equipe do Mundial, a McLaren contrata Bob Fernley, experiente na F1 e novato na Indy, para tocar o projeto da Indy 500. Faz pouco sentido e mostra que a equipe inglesa tenta consertar um carro em movimento contínuo